Projeto Memórias – MARIA ISABEL BORGES

Senhora Bia sente saudade da época em que era jovem. Lembra que voltava das festas com os amigos de elétrico e pagava apenas 25 escudos pela passagem, o equivalente a 12 cêntimos. Hoje, o mesmo meio transporte, frequentado maioritariamente por turistas, custa 3€. Segundo a senhora Bia, não só a passagem era mais barata, como […]

Continuar a ler…

Projeto Memórias – AUGUSTINA CORREIA

Nha Zita carrega consigo uma enorme força. Cabo-verdiana, trabalhou nas roças de São Tomé e Príncipe antes de imigrar para Portugal. Depois da Revolução de 25 de Abril, foi morar nas barracas da Damaia, em Lisboa. Hoje, vive um prédio, concedido pela Câmara Municipal da Amadora no Casal da Mira. Mas sente falta daquilo que […]

Continuar a ler…

Projeto Memórias – ANA MARIA BAESSA & AUGUSTA DIAS

Muitos pensam que trocar as barracas pelos prédios com apartamentos renovados e mobiliados, simboliza “progresso” no padrão de vida. Não para estas duas mulheres.Tuna e Augusta sentem saudades da convivência com outros conterrâneos cabo-verdianos nas barracas da Amadora. Hoje, no prédio, muitas vezes se sentem desamparadas. Como várias outras pessoas tiveram que ser realojadas nos […]

Continuar a ler…

Projeto Memórias – MÉRITA FORTES

Mérita Fortes viveu em Angola e Cabo Verde antes de imigrar para Portugal. Conta-nos o racismo que viveu na escola em Portugal . Apesar de ter sido sempre uma excelente aluna nunca foi reconhecida apela professora. Membro do Teatro do Oprimido, passou pela Plataforma Guetto e várias outras organizações. Desenvolve um projeto de alfabetização da […]

Continuar a ler…