Memórias coloniais: Imigrantes africanos e afrodescendentes querem mais visibilidade em Portugal

A diáspora africana tem mais um espaço, criado por académicos, para o relato das suas histórias de vida como imigrantes desde o período colonial. Através de entrevistas em vídeo, o grupo dos projetos AFRO-PORT ouviu os testemunhos de africanos, afrodescendentes e afro-diaspórios em Portugal, marcados de forma intensa pela negação da queda do império colonial após o 25 de abril de 1974. Trata-se de mais um instrumento contra a invisibilidade dos imigrantes africanos e dos negros nascidos em território português. […]

Continuar a ler…